What Else Is There

“Corpo ao corpo, corpos aos corpos. Um ensaio como este se torna uma espécie de medicação para a exploração/aceitação/compreensão do próprio corpo: é algo que, à primeira instância, quando já diagnosticado como amante em desvendar, nos é receitado para ‘tomá-lo’ e os efeitos, então, obtidos em primeira, segunda, terceira e quantas doses sejam administradas e, principalmente, ao fim do ‘tratamento’, quando a realização plena do bem-estar se efetiva.
Quanto ao ensaio, em específico, nunca tinha feito em um ambiente (envolvimento) criado por um casal (gay) cujas individualidades, para mim, são contrapostas diante um sistema padrão o que gerou um ambiente (físico) bem agradável já que, a nudez é a expressão extrema de individualidade, tendo, no momento, três corpos, duas relações (casal/modelo), um objetivo e várias ideias partidas de outros vários momentos.
O resultado, que comparo como “fim do ‘tratamento’”, foi positivo, de maneira geral, ,e em particularidade, devido à soma das específicas experiências, foi surpreendente e contemplativamente gozado.”

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 1415 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s